Casa Palicourea – novo!

Mais informações e fotos em breve!

EM CONSTRUÇÃO SÃO JORGE, GO – 2020

Localizado a poucos quilômetros do limite do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, o complexo da Casa Palicourea será composto por dois edifícios: uma casa (fotos) e a escola “Jardins do Cerrado”, dedicada a cursos relacionados à preservação do bioma da região. A casa também pode ser usada como uma extensão da escola. Cada um dos edifícios foi implantado em uma parte do terreno com topografia íngreme e sem vegetação de grande porte, separados entre si em 500m a partir do seu ponto mais alto. Enquanto a casa fica de frente para o Vale do Segredo, a escola fica em uma área próxima ao acesso a São Jorge. Os edifícios são compostos de duas partes, passíveis de serem construídas de forma independente uma da outra: o núcleo “habitável” e o telhado. A primeira parte da construção utiliza mão de obra local. Concreto armado, paredes e marcenaria foram fabricados por pequenas empresas da região. A segunda parte, composta por cobertura de madeira laminada colada (MLC), foi fabricada remotamente e montada na última etapa da construção.

Os edifícios foram instalados em diferentes níveis elevados e adaptados à topografia existente, a fim de impedir a entrada de pequenos animais silvestres e minimizar o movimento da terra. Um sistema de escadas e rampas conecta todos os níveis. Os blocos de fundação do telhado são afastados do núcleo principal do edifício. Eles servem como ancoragem dos cabos de estabilização da estrutura e como caixas primárias de coleta de tubulações de água da chuva para reutilização.

Descrição do sistema estrutural de madeira laminada colada (MLC), ITA Construtora:

“O telhado de madeira da Casa Palicourea não toca o núcleo de concreto e alvenaria da residência. Por esse motivo, é essencial que a estabilidade da estrutura de madeira seja garantida de forma autônoma. Em parceria com os arquitetos BLOCO, desenvolvemos esses pilares triangulares, que promovem a estabilidade do conjunto em ambas as direções. O sapato tringular, onde o pilar e seus tirantes estão ancorados, foi projetado pela arquitetura, a fim de receber também a água da chuva proveniente das calhas do telhado. ”

Autores:
Daniel Mangabeira, Henrique Coutinho e Matheus Seco
Coordenação: Giovanni Cristofaro
Equipe: Victor Machado, Marina Lira e Julia Huff
Superfície Construída: (casa + escola) 650m2
Projeto: 2019
Construção: 2019-2020
Projeto da estrutura de concreto e instalações: André Torres
Estrutura de Madeira Laminada Colada (MLC): Ita Construtora
Esquemas e isométricas da estrutura de madeira: Ita Construtora
Fotos Preliminares: Eduardo Fittipaldi
Recomposição da vegetação nativa e idealização da escola: Mariana Siqueira – Jardins do Cerrado
Consultoria para reuso de água de chuva e esgotamento ecológico: Fluxus
Gerenciamento: Pórtico Empreendimentos / Gustavo Stival
Construção: Elson Ferreira

 

 

 

 

 

Casa Palicourea – novo!

Mais informações e fotos em breve!

EM CONSTRUÇÃO SÃO JORGE, GO – 2020

Localizado a poucos quilômetros do limite do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, o complexo da Casa Palicourea será composto por dois edifícios: uma casa (fotos) e a escola “Jardins do Cerrado”, dedicada a cursos relacionados à preservação do bioma da região. A casa também pode ser usada como uma extensão da escola. Cada um dos edifícios foi implantado em uma parte do terreno com topografia íngreme e sem vegetação de grande porte, separados entre si em 500m a partir do seu ponto mais alto. Enquanto a casa fica de frente para o Vale do Segredo, a escola fica em uma área próxima ao acesso a São Jorge. Os edifícios são compostos de duas partes, passíveis de serem construídas de forma independente uma da outra: o núcleo “habitável” e o telhado. A primeira parte da construção utiliza mão de obra local. Concreto armado, paredes e marcenaria foram fabricados por pequenas empresas da região. A segunda parte, composta por cobertura de madeira laminada colada (MLC), foi fabricada remotamente e montada na última etapa da construção.

Os edifícios foram instalados em diferentes níveis elevados e adaptados à topografia existente, a fim de impedir a entrada de pequenos animais silvestres e minimizar o movimento da terra. Um sistema de escadas e rampas conecta todos os níveis. Os blocos de fundação do telhado são afastados do núcleo principal do edifício. Eles servem como ancoragem dos cabos de estabilização da estrutura e como caixas primárias de coleta de tubulações de água da chuva para reutilização.

Descrição do sistema estrutural de madeira laminada colada (MLC), ITA Construtora:

“O telhado de madeira da Casa Palicourea não toca o núcleo de concreto e alvenaria da residência. Por esse motivo, é essencial que a estabilidade da estrutura de madeira seja garantida de forma autônoma. Em parceria com os arquitetos BLOCO, desenvolvemos esses pilares triangulares, que promovem a estabilidade do conjunto em ambas as direções. O sapato tringular, onde o pilar e seus tirantes estão ancorados, foi projetado pela arquitetura, a fim de receber também a água da chuva proveniente das calhas do telhado. ”

Autores:
Daniel Mangabeira, Henrique Coutinho e Matheus Seco
Coordenação: Giovanni Cristofaro
Equipe: Victor Machado, Marina Lira e Julia Huff
Superfície Construída: (casa + escola) 650m2
Projeto: 2019
Construção: 2019-2020
Projeto da estrutura de concreto e instalações: André Torres
Estrutura de Madeira Laminada Colada (MLC): Ita Construtora
Esquemas e isométricas da estrutura de madeira: Ita Construtora
Fotos Preliminares: Eduardo Fittipaldi
Recomposição da vegetação nativa e idealização da escola: Mariana Siqueira – Jardins do Cerrado
Consultoria para reuso de água de chuva e esgotamento ecológico: Fluxus
Gerenciamento: Pórtico Empreendimentos / Gustavo Stival
Construção: Elson Ferreira

Seta