O BLOCO Arquitetos foi fundado em Brasília por Daniel Mangabeira (UnB, 1999), Henrique Coutinho (UnB, 1997) e Matheus Seco (UnB, 1999). Os três dirigem uma equipe de arquitetxs com formações, experiências e interesses diversos. A maior parte dos trabalhos presentes neste site são apresentados através de fotografias de obras construídas ou fotos e imagens de projetos em construção, o que reflete a larga experiência do escritório na materialização de projetos de diferentes escalas e programas, desde casas e edifícios a interiores e instalações temporárias. 

Os projetos do BLOCO têm relação direta com condicionantes específicos que podem ir desde a topografia e orientação solar de um terreno ao orçamento e mão-de-obra disponíveis. Os limites impostos por cada programa são encarados como oportunidades de criação. Acima de tudo, o escritório considera que cada projeto pode ser uma poderosa ferramenta de transformação de seu contexto.

Os arquitetos do BLOCO administram a conta Brasília Moderna, uma coletânea de fotos e descrições de edifícios construídos entre as décadas de 1960 e 1980 que foram projetados por arquitetos da primeira geração de profissionais que trabalharam na cidade.  A iniciativa tem o objetivo de promover a conscientização sobre a importância da preservação e manutenção deste importante acervo. Tais obras são fonte de  aprendizado e inspiração para o nosso trabalho. 

O BLOCO Arquitetos também é um dos membros fundadores do Atelier Piloto. A intenção do coletivo é promover a interação entre estudantes, profissionais e escolas por meio da organização de palestras e oficinas de projeto que promovam o trabalho colaborativo com um objetivo comum: refletir sobre arquitetura e pensar a cidade.

Os projetos do BLOCO já foram publicados em importantes revistas e sites especializados. Alguns dos projetos do escritório podem ser vistos no perfil de publicações do BLOCO em sites como o Dezeen e o Archdaily (clique para visitar). Outras obras também já foram selecionadas, premiadas e/ou expostas no Brasil e no exterior. 

Principais Prêmios, Seleções e Menções 

2022 – A Casa Cavalcante é finalista da Bienal Panamericana de Quito, Equador

2022 – A Casa Palicourea recebe Menção Honrosa no 9o Prêmio Saint-Gobain Asbea na Modalidade Edificação Residências

2022 – O edifício-sede do Julião Coelho Advogados recebe Menção Honrosa no 9o Prêmio Saint-Gobain Asbea na Modalidade Edificação Comercial & Serviços

2022 – A Casa Cavalcante é finalista no Prêmio Oscar Niemeyer de Arquitetura Latino-americana 

2022 – A Casa Cavalcante é vencedora da Categoria Edificações do Prêmio IAB Centenário 2021 – Etapa Nacional

2022- O Escritório no Edifício Morro Vermelho recebe Menção Honrosa da Categoria Interiores e Design do Prêmio IAB Centenário 2021 – Etapa Nacional

2022- A Casa Palicourea é premiada com o 2o lugar no concurso “Obra do Ano – ODA 2022”, promovido pelo portal Archdaily Brasil

2022- A Casa Palicourea é premiada no Prêmio de Arquitetura Tomie Ohtake Akzo Nobel 2021, São Paulo

2022- O edifício-sede do Julião Coelho Advogados é vencedor do do concurso “Building of the Year 2022” do portal Archdaily internacional, na categoria “Offices” (Escritórios)

2022- A Casa Palicourea é indicada para concorrer ao Mies Crown Hall Americas Prize (MCHAP) 2022, promovido pelo Illinois Institute of Technology (IIT), Chicago

2021- A Casa Palicourea é um dos 13 finalistas do Prêmio de Arquitetura Tomie Ohtake Akzo Nobel 2021, São Paulo

2021- O Escritório no Edifício Morro Vermelho é vencedor da Categoria Interiores e Design do Prêmio IAB Centenário 2021 – Região Centro Oeste 

2021- A Casa Cavalcante é vencedora da Categoria Edificações do Prêmio IAB Centenário 2021 – Região Centro Oeste 

2021 – O Restauro e Ambientação da Casa de Chá recebe Menção Honrosa da Categoria Interiores e Design do Prêmio IAB Centenário 2021 – Região Centro Oeste 

2021- A Casa Palicourea é um dos 3 finalistas da categoria “Em Equilíbrio” da 3o Edição Prêmio da revista “Casa e Jardim” 

2021- A Casa Vila Rica é publicada pelo New York Times na matéria “Uma casa que se refugia na savana brasileira” escrita por Michael Snyder com fotos de Joana França

2021- A Casa Cavalcante é vencedora do 1o lugar do  8o Prêmio Saint-Gobain Asbea de Arquitetura na categoria “Profissional – Edificações Residenciais”

2021- A Casa Cavalcante recebe o prêmio “Destaque Asbea” no  8o Prêmio Saint-Gobain Asbea de Arquitetura na categoria edificações até 2.000m2

2020- A Casa Cavalcante é vencedora do prêmio da revista Casa & Jardim 2020 na categoria “Futuro Sustentável”

2020- A Casa Cavalcante é um dos 13 finalistas do Prêmio de Arquitetura Tomie Ohtake AkzoNobel 2020, São Paulo

2020- A Casa dos Pórticos é um dos 15 projetos finalistas do concurso Obra do Ano 2020 do portal Archdaily Brasil.

2019- A Casa dos Pórticos é premiada no Prêmio IAB-SP 2019 na categoria Residencial Unifamiliar, São Paulo

2019- A Casa Vila Rica é um dos 12 finalistas do Prêmio de Arquitetura Tomie Ohtake AkzoNobel 2019, São Paulo

2018-A Casa das Praças recebe Menção Honrosa na Premiação Anual do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-RJ) – Rio de Janeiro

2018-A Casa 711H recebe Menção Honrosa na Premiação Anual do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-SP) – Especial 75 anos – São Paulo 

2018 – O Bloco é um dos escritórios convidados para participar da exposição “Experimentando Le Corbusier”, no Museu da Casa Brasileira em São Paulo, entre os meses de junho e agosto. O escritório participa com a instalação chamada de “LC+LC=BSB”. A exposição foi organizada pelo Instituto Cremme e a expografia ficou a cargo do MNMA Estudio.

2018 – A Casa 711H é um dos 10 finalistas do Prêmio de Arquitetura Tomie Ohtake AkzoNobel 2018 , São Paulo

2018 – O Restaurante Norton é vencedor do Prix Versailles 2018, categoria Restaurantes – Exterior, etapa continental (Américas e Caribe)

2018 – A Casa Vila Rica é premiada com o 2o prêmio do concurso “Obra do Ano – ODA 2018”, promovido pelo portal Archdaily Brasil

2018 – A Casa Aresta é indicada para concorrer ao Mies Crown Hall Americas Prize (MCHAP) 2017-2018, promovido pelo Illinois Institute of Technology (IIT), Chicago

2017 – A loja COR é a vencedora da categoria “Arquitetura de Interiores” na 55a premiação anual nacional do Instituto de Arquitetos do Brasil do Rio de Janeiro (IAB-RJ)

2017 – O Clube Alphaville Volta Redonda recebe menção honrosa na categoria “Novas Edificações” na 55a premiação anual nacional do Instituto de Arquitetos do Brasil do Rio de Janeiro (IAB-RJ).

2017 – O Restaurante Authoral recebe menção honrosa na categoria “Arquitetura de Interiores” na 55a premiação anual nacional do Instituto de Arquitetos do Brasil do Rio de Janeiro (IAB-RJ)

2017 – O lavabo da casa MR53 recebe o primeiro prêmio do concurso nacional promovido pela Deca.

2017 – A Casa Aresta é um dos projetos pré-selecionados para concorrer à premiação da Bienal Internacional de Arquitetura de Buenos Aires.

2017 – A Casa Torreão é um dos 10 finalistas do Prêmio de Arquitetura Akzo Nobel Tomie Ohtake 2017 , São Paulo.

2016 – Casa Paineira recebe uma indicação para concorrer ao prêmio MCHAP-2016 “Mies Crown Hall Americas Prize”, promovido pelo IIT – Illinois Institute of Technology – Chicago

2016 – Loja Outsider é finalista do Prêmio “Building of the Year Award – Archdaily” , categoria comercial

2015 – O projeto da loja Outsider vence o 1o lugar do prêmio “O Melhor da Arquitetura 2015” – Brasil, na categoria comercial.

2015 – BLOCO Arquitetos participa como um dos representantes do Brasil na Bienal Latinoamericana de Arquitetura – BAL2015 em Pamplona, Espanha, juntamente com o escritório AR Arquitetos. No mesmo mês de abril a BLOCO participa de conferências na Casa de America em Madri e na Universidade de Alicante

2013 – A instalação “Casa Aberta” da Bloco Arquitetos é selecionada para a X Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo. A instalação foi construída no Centro Cultural São Paulo (CCSP) e ficou exposta de outubro a dezembro de 2013.

2013 – O BLOCO Arquitetos é finalista do prêmio “O Melhor da Arquitetura”  com o Clube Alphaville Brasília.

2011 – O BLOCO Arquitetos é finalista do prêmio “O Melhor da Arquitetura” com a Casa Migliari.

2009 – A projeto da Casa Tangram é um dos vencedores do prêmio  “O Melhor da Arquitetura 2009” na categoria residencial unifamiliar.

 

Sócios Diretores

Daniel Mangabeira, Arquiteto e Urbanista pela Universidade de Brasília, 1999. Conselheiro da Fundação Athos Bulcão, Brasília, 2009-2011, Diretor Cultural do IAB/DF (Instituto de Arquitetos do Brasil / DF), 2008-2010, Graduou-se com Distinção no mestrado “MA – Art in Architecture” na Westminster School of Architecture, Londres, 2012-2013. Foi presidente do CAU-DF (Conselho de Arquitetura e Urbanismo-DF) entre 2018 e 2020.

Henrique Coutinho, Arquiteto e Urbanista pela Universidade de Brasília, 1997. Diretor Administrativo Financeiro do escritório.

Matheus Seco, Arquiteto e Urbanista pela Universidade de Brasília, 1999. Foi bolsista Chevening e graduou-se com Distinção no mestrado “M.Arch – Master in Architectural Design” na Bartlett School of Architecture – University College London, Londres, 2003-2004, sob a supervisão do Prof. Sir Peter Cook e da Prof. Dra. Penelope Haralambidou. Foi presidente do IAB-DF (Instituto de Arquitetos do Brasil –DF) entre 2014 e 2016.

Sócios Arquitetos

Bárbara Neumann, Arquiteta e Urbanista, IESB, 2020

Caio Nascimento,  Arquiteto e Urbanista, Universidade de Brasília, 2022

Luiz Lopes,  Arquiteto e Urbanista, Universidade de Brasília, 2022

Marina Lira,  Arquiteta e Urbanista, Universidade de Brasília, 2016. Illinois Institute of Technology, Chicago, 2013-2014

Julia Huff,  Arquiteta e Urbanista, Universidade de Brasília, 2020

Victor Machado, Arquiteto e Urbanista, UniCEUB, 2011

Colaboradores

Luis Alcântara,  Estudante de Arquitetura, Universidade de Brasília.

Marcos Cambuí,  Estudante de Arquitetura, Universidade de Brasília.

Julia Moraes,  Estudante de Arquitetura, Universidade de Brasília.

Administrativo

Luciana Cardoso, administração

A foto no topo da página foi feita no interior do escritório por Bárbara Souza

O Bloco Arquitetos só utiliza softwares originais e legalizados. 

Seta