Casa Paes – novo!

EM CONSTRUÇÃO

BRASÍLIA-DF, 2020

A topografia em grande aclive e a existência de vegetação nativa no local orientaram a opção por um método construtivo que possibilitasse uma obra com o mínimo de intervenção possível no terreno existente. Para tal, o projeto prevê abrigar a maior parte do programa em um pavilhão em estrutura metálica “suspenso” sobre o solo, apoiado em apenas quatro pontos de fundação que estarão adaptados à topografia. A orientação solar e as possibilidades de vista para a paisagem distante direcionaram a implantação do pavilhão na cota mais alta do terreno e ligeiramente rotacionado em relação à rua. A piscina, implantada em um pequeno platô ao fundo do terreno, é conectada à pequena praça de acesso sob o pavilhão e à garagem descoberta (que é obrigatória no condomínio) por escadas que funcionarão como “trilhas a céu-aberto”. A escada metálica de acesso à casa ficará pendurada em um dos lados do pavilhão e estará conectada à praça de acesso. Os elementos principais da estrutura e seus fechamentos externos (vigas laminadas de aço, base da laje em steel deck e telhas termoacústicas) serão fabricados remotamente, montados e finalizados no local. Todas as paredes internas serão construídas em dry-wall.

Autores:
Daniel Mangabeira, Henrique Coutinho e Matheus Seco
Coordenação: Giovanni Cristofaro
Equipe: Victor Machado e Julia Huff
Coautor: Leonardo Paes
Superfície Construída: 140m2
Projeto: 2018 – 2020
Construção: Grid Engenharia
Imagens: Giovanni Cristofaro e Bloco Arquitetos

 

 

 

 

 

Projeto Casa Paes

 

Casa Paes – novo!

EM CONSTRUÇÃO

BRASÍLIA-DF, 2020

A topografia em grande aclive e a existência de vegetação nativa no local orientaram a opção por um método construtivo que possibilitasse uma obra com o mínimo de intervenção possível no terreno existente. Para tal, o projeto prevê abrigar a maior parte do programa em um pavilhão em estrutura metálica “suspenso” sobre o solo, apoiado em apenas quatro pontos de fundação que estarão adaptados à topografia. A orientação solar e as possibilidades de vista para a paisagem distante direcionaram a implantação do pavilhão na cota mais alta do terreno e ligeiramente rotacionado em relação à rua. A piscina, implantada em um pequeno platô ao fundo do terreno, é conectada à pequena praça de acesso sob o pavilhão e à garagem descoberta (que é obrigatória no condomínio) por escadas que funcionarão como “trilhas a céu-aberto”. A escada metálica de acesso à casa ficará pendurada em um dos lados do pavilhão e estará conectada à praça de acesso. Os elementos principais da estrutura e seus fechamentos externos (vigas laminadas de aço, base da laje em steel deck e telhas termoacústicas) serão fabricados remotamente, montados e finalizados no local. Todas as paredes internas serão construídas em dry-wall.

Autores:
Daniel Mangabeira, Henrique Coutinho e Matheus Seco
Coordenação: Giovanni Cristofaro
Equipe: Victor Machado e Julia Huff
Coautor: Leonardo Paes
Superfície Construída: 140m2
Projeto: 2018 – 2020
Construção: Grid Engenharia
Imagens: Giovanni Cristofaro e Bloco Arquitetos

Seta