La Boulangerie Bistrot

CONSTRUÍDO

Brasília-DF, 2017

O projeto se localiza em um centro comercial e abriga dois programas que podem funcionar paralelamente: uma padaria e um bistrô. A cozinha do bistrô localiza-se no mezanino que foi adicionado ao imóvel, elevado do chão por uma estrutura metálica em perfis laminados que podem apoiar-se apenas no piso devido às normas de construção locais. Os níveis de piso pré-existentes abrigam a padaria no térreo e um pequeno depósito no subsolo. Todas as mesas de atendimento ficam posicionadas na galeria de uso comum no lado de fora da loja.

As pastilhas hexagonais teladas nas cores preto e branco que foram usadas no piso interno foram assentadas e desmontadas pontualmente para depois serem recolocadas à mão no trecho de entrada. O desenho resultante segue o padrão geral pré-definido pelos arquitetos e ressalta a transição entre o piso escuro da galeria externa e a cor branca do piso e paredes da área interna. O método de assentamento utilizado para a execução do desenho deixa espaço para as imperfeições e variações típicas das técnicas artesanais que também são utilizadas na produção dos pães da padaria e nos pratos do bistrô.

Autores: Daniel Mangabeira, Henrique Coutinho, Matheus Seco
Colaboração: Fernando Longhi
Superfície Construída: 80m2
Projeto: 2017
Construção: 2017
Obra: Vetor Engenharia
Fotos: Haruo Mikami

 

 

 

 

 

 

La Boulangerie Bistrot

CONSTRUÍDO

Brasília-DF, 2017

O projeto se localiza em um centro comercial e abriga dois programas que podem funcionar paralelamente: uma padaria e um bistrô. A cozinha do bistrô localiza-se no mezanino que foi adicionado ao imóvel, elevado do chão por uma estrutura metálica em perfis laminados que podem apoiar-se apenas no piso devido às normas de construção locais. Os níveis de piso pré-existentes abrigam a padaria no térreo e um pequeno depósito no subsolo. Todas as mesas de atendimento ficam posicionadas na galeria de uso comum no lado de fora da loja.

As pastilhas hexagonais teladas nas cores preto e branco que foram usadas no piso interno foram assentadas e desmontadas pontualmente para depois serem recolocadas à mão no trecho de entrada. O desenho resultante segue o padrão geral pré-definido pelos arquitetos e ressalta a transição entre o piso escuro da galeria externa e a cor branca do piso e paredes da área interna. O método de assentamento utilizado para a execução do desenho deixa espaço para as imperfeições e variações típicas das técnicas artesanais que também são utilizadas na produção dos pães da padaria e nos pratos do bistrô.

Autores: Daniel Mangabeira, Henrique Coutinho, Matheus Seco
Colaboração: Fernando Longhi
Superfície Construída: 80m2
Projeto: 2017
Construção: 2017
Obra: Vetor Engenharia
Fotos: Haruo Mikami

Seta