Apartamento 116S

CONSTRUÍDO

BRASÍLIA-DF, 2015

Localizado na SQS 116 em Brasília, a reforma deste apartamento duplex de 276 metros quadrados não alterou a configuração espacial original.

A estrutura de concreto antes escondida por um forro de gesso foi exposta com a retirada do forro, o que resultou na elevação do pé-direito das salas de estar e jantar. Entre as vigas, o forro de madeira Cumarú esconde as tubulações hidráulicas do pavimento superior e embute a iluminação.

Os revestimentos de piso do pavimento inferior foram substituídos por materiais frios na sala, cozinha e área de serviço em contraposição ao piso de madeira cumarú que reveste todo o pavimento superior. O patamar de entrada da sala recebeu o mesmo tratamento da escada em cimento queimado. Os banheiros foram revestidos com laminado melamínico no piso e paredes.

Autores: Daniel Mangabeira, Henrique Coutinho e Matheus Seco
Colaboração: Guilherme Mahana, Bárbara Neumann e Bruno Pessoa
Superfície Construída: 285m2
Projeto: 2014
Construção: 2014-2015
Obra: Bruno Goldenberg
Fotos: Haruo Mikami

Foto Apartamento 116s

 

 

 

 

Foto Apartamento 116s

 

 

Foto Apartamento 116s

 

 

Foto Apartamento 116s

 

 

Foto Apartamento 116s

 

 

Foto Apartamento 116s

 

 

Foto Apartamento 116s

 

 

Foto Apartamento 116s

 

 

Foto Apartamento 116s

 

 

Foto Apartamento 116s

 

 

Foto Apartamento 116s

 

 

Foto Apartamento 116s

 

Apartamento 116S

CONSTRUÍDO

BRASÍLIA-DF, 2015

Localizado na SQS 116 em Brasília, a reforma deste apartamento duplex de 276 metros quadrados não alterou a configuração espacial original.

A estrutura de concreto antes escondida por um forro de gesso foi exposta com a retirada do forro, o que resultou na elevação do pé-direito das salas de estar e jantar. Entre as vigas, o forro de madeira Cumarú esconde as tubulações hidráulicas do pavimento superior e embute a iluminação.

Os revestimentos de piso do pavimento inferior foram substituídos por materiais frios na sala, cozinha e área de serviço em contraposição ao piso de madeira cumarú que reveste todo o pavimento superior. O patamar de entrada da sala recebeu o mesmo tratamento da escada em cimento queimado. Os banheiros foram revestidos com laminado melamínico no piso e paredes.

Autores: Daniel Mangabeira, Henrique Coutinho e Matheus Seco
Colaboração: Guilherme Mahana, Bárbara Neumann e Bruno Pessoa
Superfície Construída: 285m2
Projeto: 2014
Construção: 2014-2015
Obra: Bruno Goldenberg
Fotos: Haruo Mikami

Seta