Casa Melhorança

PROJETO

BRASÍLIA-DF, 2016

O portão retrátil e inteiramente opaco na porção frontal da casa se confunde com as paredes e define claramente uma linha de divisão que separa duas camadas de território: uma pública, aberta (rua) e outro privada e fechada (casa), perpendicular à rua. A abertura total do portão revela uma terceira camada que é propositalmente ambígua, coberta por uma pérgola parcialmente fechada que é ladeada em um dos lados por uma parede com perfurações que enquadram partes do céu e do jardim lateral e no outro pelo corpo principal da casa. Sua função é sombrear parcialmente a área de convívio que pode ser inteiramente integrada à rua.

Autores: Daniel Mangabeira, Henrique Coutinho e Matheus Seco
Colaboração: Victor Machado
Área: 390m2
Projeto: 2016

 

Casa Melhorança

PROJETO

BRASÍLIA-DF, 2016

O portão retrátil e inteiramente opaco na porção frontal da casa se confunde com as paredes e define claramente uma linha de divisão que separa duas camadas de território: uma pública, aberta (rua) e outro privada e fechada (casa), perpendicular à rua. A abertura total do portão revela uma terceira camada que é propositalmente ambígua, coberta por uma pérgola parcialmente fechada que é ladeada em um dos lados por uma parede com perfurações que enquadram partes do céu e do jardim lateral e no outro pelo corpo principal da casa. Sua função é sombrear parcialmente a área de convívio que pode ser inteiramente integrada à rua.

Autores: Daniel Mangabeira, Henrique Coutinho e Matheus Seco
Colaboração: Victor Machado
Área: 390m2
Projeto: 2016

Seta