Casa Grid

CONSTRUÍDO

BRASÍLIA – DF, 2016

A casa está localizada em um bairro de unidades unifamiliares, próximo ao centro de Brasília. A casa térrea existente tinha somente 150m2 e uma laje de cobertura com estrutura para suportar um segundo andar. A intenção do novo projeto foi utilizar-se da maior parte da estrutura existente e ampliá-la para 400m2.

A área de ocupação do projeto anterior não era suficiente para abrigar o novo programa, desta forma uma grelha externa em concreto aparente foi criada ao longo de parte do perímetro da casa original. A nova estrutura funciona como um “exoesqueleto” de apoio para a área adicional do programa e para os painéis vazados de tijolos maciços. Seus diferentes graus de abertura seguem critérios de proteção solar e privacidade definidos para os ambientes internos. Os eixos de organização da nova estrutura seguem um padrão guiado pelas irregularidades das dimensões da estrutura original. Dois pavilhões adicionais em estrutura metálica abrigam os automóveis, uma cozinha externa e uma sauna.

Autores: Daniel Mangabeira, Henrique Coutinho e Matheus Seco
Colaboradores: Victor Machado, Guilherme Mahana, Tatiana Lopes
Área: 400 m2
Projeto: 2010
Obra: 2013-2016
Estrutura: André Torres
Paisagismo: Cleber Depieri
Luminotécnica: Alemdaluz
Fotos: Haruo Mikami

Foto Casa Grid

Foto Casa Grid

 

Foto Casa Grid

 

Foto Casa Grid

 

Foto Casa Grid

 

 

Foto Casa Grid

 

Foto Casa Grid

 

Foto Casa Grid

 

Foto Casa Grid

 

Foto Casa Grid

 

Foto Casa Grid

 

Foto Casa Grid

 

Casa Grid

CONSTRUÍDO

BRASÍLIA – DF, 2016

A casa está localizada em um bairro de unidades unifamiliares, próximo ao centro de Brasília. A casa térrea existente tinha somente 150m2 e uma laje de cobertura com estrutura para suportar um segundo andar. A intenção do novo projeto foi utilizar-se da maior parte da estrutura existente e ampliá-la para 400m2.

A área de ocupação do projeto anterior não era suficiente para abrigar o novo programa, desta forma uma grelha externa em concreto aparente foi criada ao longo de parte do perímetro da casa original. A nova estrutura funciona como um “exoesqueleto” de apoio para a área adicional do programa e para os painéis vazados de tijolos maciços. Seus diferentes graus de abertura seguem critérios de proteção solar e privacidade definidos para os ambientes internos. Os eixos de organização da nova estrutura seguem um padrão guiado pelas irregularidades das dimensões da estrutura original. Dois pavilhões adicionais em estrutura metálica abrigam os automóveis, uma cozinha externa e uma sauna.

Autores: Daniel Mangabeira, Henrique Coutinho e Matheus Seco
Colaboradores: Victor Machado, Guilherme Mahana, Tatiana Lopes
Área: 400 m2
Projeto: 2010
Obra: 2013-2016
Estrutura: André Torres
Paisagismo: Cleber Depieri
Luminotécnica: Alemdaluz
Fotos: Haruo Mikami

Seta